Responsável Técnico: Dra KARINA KLEIN BRUM CRM 32590 I (051) 3581.2563 I (051) 3593.7506 Av. Dr. Maurício Cardoso, 833 sala 706, Hamburgo Velho - Rota
Conheça

Obstare gestante

Humanização do atendimento ao parto.

A Rede Obstare trabalha em um processo de atendimento chamado (Programa de Cuidado Integral Obstare).

O atendimento integral Obstare foi desenvolvido através dos estudos de Maslow, um psicólogo americano que definiu cinco categorias das principais necessidades humanas e as colocou em ordem de importância em uma pirâmide chamada de pirâmide de Maslow.

img

A base dessa pirâmide representa as necessidades mais básicas, relacionada ao instinto de sobrevivência e são chamadas de necessidades fisiológicas.

Logo acima vem as necessidades relacionadas a segurança onde todas as formas de proteção são contempladas.

Após a fase de segurança, vem a fase de interação e necessidades sociais, onde a aceitação, a identificação entre grupos e etnias o afeto e a intimidade são fundamentais.

Mais em direção ao topo da pirâmide está a auto-estima, onde o seu valor e reconhecido dentro do seu ambiente social

O topo da pirâmide de Maslow contempla a auto realização, que é a necessidade mais complexa e íntima de cada pessoa. Esse processo tem relação com a sensação de se auto reconhecer, de ter total liberdade em suas escolhas, ser autossuficiente, autêntica e ater-se aos seus próprios valores.

Mas como transferir as necessidades de MASLOW em um protocolo positivo de parto? Brenda Baar modificou essa pirâmide para as necessidades da gestante no momento do parto, e através dessa pirâmide modificada criamos nosso protocolo. Instagram:@brendabaar.birth

img

Fazendo uma analogia entre as necessidades de Maslow e a Piramide de Brenda Barr continuamos nosso raciocínio para chegarmos a uma experiência POSITIVA de parto:

Na base da pirâmide estão o binômio mãe e bebê saudáveis, muitos profissionais utilizam-se desse argumento no sentido de vangloriar sucesso de um processo de parto, importante salientar que, a grande maioria dos partos em que mulheres relataram violência em sua assistência, o desfecho foi exatamente esse, mãe e bebe saudáveis do ponto de vista fisiológico, porém mulheres totalmente devastadas psicologicamente.

O nascimento se torna uma experiência POSITIVA para a mulher quando suas necessidades FISIOLÓGICAS E PSICOLÓGICAS são atendidas.

A experiência positiva ao parto é o conjunto de todos os fatores acima descritos pois a cada passo que damos no sentido de escalarmos essa pirâmide a mulher terá todas suas necessidades atendidas; acesso adequado aos serviços de saúde e equipe qualificada que pratica cuidados baseados em evidencias cientificas gera segurança; o direito ao seu acompanhante de escolha e a sua doula escolhida , suporte continuo durante o trabalho de parto, cuidado respeitoso e amoroso, centrado no protagonismo da mulher promovem uma grande interação social, mostrando que ela está ali e é o centro de todo o processo de cuidado. Tendo isso destacado o processo de autonomia torna-se natural, a mulher sentindo-se respeitada, segura torna-se AUTÔNOMA, EMPODERADA e PROTAGONISTA e toma o parto para SI, é a dona das decisões. Todo esse processo leva a Auto Realização e a uma experiência positiva de todo esse processo.

Vejam que em nenhum momento falamos aqui em VIA DE PARTO, pois essa hierarquia deixa claro que essa experiência independe se o parto ocorreu de forma natural, normal, se precisou de alguma intervenção ou acabou indo para cesariana necessária.

Segundo dados do Ministerio da saúde, a experiência positiva de parto influencia muito em sua saúde física e mental e também interfere na relação mãe bebê.

Nossa missão com equipe? Fazer com que você consiga chegar ao topo da pirâmide atendendo suas necessidades básicas e psicológicas.

Quer saber mais sobre o programa de cuidado integral Obstare?